Minas Láctea 2024

Minas Láctea recebe inscrições para a programação científica

Prazo para a submissão de trabalhos no Congresso Nacional de Laticínios está vigente até 2 de junho

(Juiz de Fora – 16/5/2024) As inscrições para o 37º Congresso Nacional de Laticínios (CNL) e para a 43ª Semana do Laticinista (SL), atividades que compõem a programação científica do Minas Láctea 2024, já estão abertas. A programação, que acontece nos dias 16, 17 e 18 de julho, na EPAMIG Instituto de Laticínios Cândido Tostes (ILCT), contará com palestras, comunicados técnicos, exposição de pôsteres e minicursos.

O Congresso Nacional de Laticínios abordará o tema “Tradição e inovação: a transformação do setor lácteo”, por meio de 15 palestras, comunicados técnicos e sessão de pôsteres. Já a Semana do Laticinista será composta por 13 cursos de curta duração (4 horas), conduzidos por empresas e profissionais de destaque no setor.

“Para participar dos cursos da 43ª Semana do Laticinista é preciso inscrever-se no 37º Congresso Nacional de Laticínios. A participação em pelo menos um curso dá direito a assistir todas as palestras. No entanto, é importante destacar que as atividades são no mesmo horário e o participante deverá escolher as atividades das quais vai participar em cada dia do evento”, alerta a pesquisadora e professora da EPAMIG ILCT, Gisela Magalhães, integrante da Comissão Científica do Minas Láctea.

O primeiro lote de inscrições, com valores de R$125 para estudantes e de R$250 para profissionais, vai até o dia 31 de maio. A programação completa dos cursos e palestras e os valores para inscrições nos meses de junho e julho podem ser consultados aqui.

Gisela Magalhães destaca que as vagas para os cursos são limitadas, por isso os interessados devem ficar atentos. “Temos 40 vagas para os cursos que são teóricos e 20 vagas para os cursos práticos. O participante pode escolher o curso que vai fazer e se inscrever em até três, um por dia de evento”.

Submissão de trabalhos

O prazo para a submissão dos resumos que irão compor os anais do Congresso Nacional de Laticínios vai até o dia 2 de junho. Para proporem trabalhos, os autores devem estar inscritos nas atividades do Congresso Nacional de Laticínios. “Uma única inscrição do autor responsável será suficiente para envio de até dois resumos, não havendo limitações quanto a participação como coautor(a) em outros resumos submetidos por terceiros”, informa a pesquisadora Gisela Magalhães.

Os trabalhos serão selecionados por avaliação às cegas, omitindo-se, em todas as etapas do julgamento os nomes dos autores e das instituições e quaisquer outras formas de identificação. Os resumos aprovados serão apresentados em forma de pôsteres ou comunicado oral. “Ao iniciar a submissão, o responsável deverá escolher se o trabalho (caso aprovado) será apresentado na Sessão de Pôster ou se gostaria de concorrer pelas vagas para apresentação oral, na forma de Comunicado Técnico (CT)”, explica Gisela.

As regras e orientações para a submissão de trabalhos podem ser consultadas em https://www.minaslactea.com.br/wp-content/uploads/2024/05/INSTRUCOES-PARA-SUBMISSAO-DE-TRABALHOS-CIENTIFICOS-NO-37o-CNL.pdf,

A Comissão Científica do Minas Láctea é composta pelos pesquisadores da EPAMIG ILCT Gisela de Magalhães Machado Moreira, Isis Rodrigues Toledo Renhe e Paulo Henrique Costa Paiva, e pelo chefe-geral do Instituto Sebastião Tavares de Rezende.

 

Deixe um comentário